quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Bibliografia da Patrona da Escola Irmã Leodgard


HISTÓRICO DA PATRONA DA ESCOLA IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHL

*12/05/1914
+26/12/1999

IRMÃ LEODGARD GAUSEPOHL


Ana Gausepohl nasceu em 12 (doze) de maio de 1914 em Warendorf i/Westf na Alemanha, filha de Bernard e Anna Gausepohl. Tornou-se religiosa na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição, emitindo os primeiros Votos em 11 (onze) de Fevereiro de 1939, em Munster.

Chegou ao Brasil em 1939 e como missionária dedicou sua vida ao serviço dos mais necessitados. Iniciou-se trabalhando no Hospital Santa Casa de Misericórdia em Maceió no Estado de Alagoas, atuando no serviço de enfermagem. Em 1940 foi para a Serra do Estevão – CE, trabalhando com os repousantes e em 1945 foi para o Hospital de Doentes Mentais – Casa de Saúde de São Geraldo em Fortaleza – CE. Em 1956 foi transferida novamente para o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Maceió para orientar o serviço de Lavanderia. A partir de 1960 dedicou-se ao serviço de Enfermagem Ambulatorial em diversos lugares. Porém onde dedicou seu maior tempo de sua vida foi na Colônia São José, em Santarém Pará onde passou por quase 29 anos (1969 – 1997).

Destinou sua ação Missionária aos pobres daquela Colônia e todas as vezes que retornava da Alemanha trazia medicamento e roupa para aquele povo carente e sofrido. Por isso hoje ela é reconhecida pelos pobres, como a Mãe que ajudou e amparou os necessitados. Muitas pessoas lhe são eternamente gratas e mais ainda nossa Congregação Religiosa que foi seu Lar Fraterno até a sua morte.

Sua última transferência foi para a fraternidade Santo Antônio no Hospital Santo Antônio em Alenquer – PA no dia 08/12/1997, (Dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição) quando necessitava de cuidados especiais em enfermagem, por estar som sua Saúde debilitada, com Hipertensão Arterial e impossibilitada de andar a não ser em cadeira de rodas.

Em fevereiro de 1999 juntamente com Ir. Jordana Scheltrup ambas em cadeiras de rodas, celebraram seus 60 anos de vida religiosa – Jubileu de Diamante, na Capela do Hospital Santo Antônio, após a missa, uma confraternização. Este dia foi muito importante para ela, pois renovou seus Votos com o mesmo entusiasmo da primeira vez e todas as pessoas que vinham visitá-la sentiam a sua alegria.

Mesmo acamada queria saber de tudo sobre a Comunidade as Casas de Formação (Pré-noviciado e Noviciado), a Congregação, o Hospital, compreendia as dificuldades financeiras atuais.

Seu senso de bom humor era tanto que mesmo enferma não ficava triste, sempre tinha uma palavra interessante para dizer as pessoas que viviam com ela. Participou de todas as decisões da Congregação elegendo ou indicando Irmãs para as diversas funções.

Na manhã do dia 26 de dezembro de 1999 veio a falecer vítima de uma súbita crise de Hipertensão Arterial; mesmo estando assistida por bons médicos o caso foi irreversível com diagnóstico de AVC agudo (Acidente Vascular Cerebral).

Por ocasião do sepultamento várias pessoas deram testemunho de sua vida dedicada aos pobres; eram para eles todas as doações que recebia.

À Irmã Leodgard nossa eterna gratidão e amizade. Que no céu ela interceda a Deus por nós, que continuamos o trabalho da Missão na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição.





Belém, Julho de 2000
Ir. Maria Petronila de Sousa Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NOSSA ESCOLA É PIONEIRA NO PROJETO UCA EM SANTARÉM, DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO E NOS AJUDE A MELHORAR O NOSSO BLOG. UM ABRAÇO ESPECIAL PRA VOCÊ.